passarinho

Imagem

Gratidão

“A gratidão desbloqueia a abundância da vida. Ela torna o que temos em suficiente, e mais. Ela transforma negação em aceitação, caos em ordem, confusão em claridade. Ela pode transformar uma refeição em um banquete, uma casa em um lar, um estranho em um amigo. A gratidão dá sentido ao nosso passado, traz paz para o hoje, e cria uma visão para o amanhã”.

:: Melody Beattie ::

“Estou tão sedenta do maravilhoso que só o maravilhoso tem poder sobre mim. Qualquer coisa que não pode se transformar em algo maravilhoso, eu deixo ir.”

:: Anaïs Nin ::

“O preço pela tua nao participação política e seres governos por quem te é inferior”

:: Platão ::

“…Que cada um seja muitos! Basta de ser para si a primeira pessoa do singular de qualquer pronome ou verbo. Sejamos a Pessoa Absoluta do Plural Incomensurável. … Ser heroe é ser tudo num só acto de vida! Queiramos mais! Queiramos ter o heroísmo! Queiramos mais!”

Trecho do livro Prosa de Alvaro de Campos (Fernando Pessoa)

“I know not what tomorrow will bring”

:: Fernando Pessoa ::

‎”A autolimitação é pré-requisito da liberdade, sem ela nos tornamos escravos do tirano que nós mesmos podemos ser. Os resultados desse difícil, porém necessário, esforço não são imediatos, mas, mesmo quando nada parece acontecer, é a partir dele que as pessoas se dispõem a ouvir umas às outras, formar novas relações e tecer os consensos possíveis.”

:: Marina Silva ::

Desconhece-te a ti mesmo!

Desconhecer-se pode ser o início de uma busca estimulante

ELIANE BRUM – 19/07/2010

Uma amiga me contava na semana passada que iniciou uma nova aventura psicanalítica. Depois de anos, ela encerrou uma análise que lhe permitiu desatar muitos nós de sua vida e iniciou uma nova jornada no divã de outro psicanalista. Não foi uma troca de profissionais. Apenas o reconhecimento de que uma boa história havia se encerrado e o desejo de começar outra. O novo psicanalista perguntou a ela: “O que você espera desta análise? ”. Minha amiga respondeu: “Eu quero me desconhecer”.

Mais

“A intimidade humana vai tão longe que seus últimos passos já se confundem com os primeiros passos do que chamamos de Deus.”

:: Clarice Lispector ::

Previous Older Entries